quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

POR QUE SAÍ DA MAÇONARIA?

* Vítor AndradeProfº  de História / Pós Graduando em História da Maçonaria
Obreiro da A.’.R.’.L.’.S.’.Universitária Verdade e Evolução 3492


Saí da Maçonaria  porque era curioso em saber o que se passava lá dentro, quando eu estava fora, e depois de iniciado vi que não tinha graça nenhuma,

Saí da Maçonaria porque muitas vezes via os Irmãos com mais tempo de Ordem do que eu se auto  vangloriar por que tinham mais tempo de casa,

Saí da Maçonaria porque me Irritava ver Irmãos chegando atrasado na Sessão,

Saí da Maçonaria porque via Irmãos disputando qual rito era mais bonito e importante,

Saí da Maçonaria porque via Irmãos reparando nos outros, que vinham para Sessão com o terno amassado, sapato sujo ou de balandrau,

Saí da Maçonaria porque os Irmãos Faltam demais às Sessões,

Saí da Maçonaria porque via os Irmãos muito mais preocupados com o segundo tempo do que com a Sessão,

Saí da Maçonaria porque ela vive de passado, e não de presente e futuro,

Saí da Maçonaria porque a culpa de todas as falhas é do Grão Mestre, e do Venerável Mestre,

Saí da Maçonaria porque via muitas fofocas entre os Irmãos,

Saí da Maçonaria porque Irmãos vão a Sessão satisfazerem suas vontades, e nunca se oferecem a ajudar ninguém,

Pensando Bem:

Não vou sair da Maçonaria, porque a Ordem é iniciática e os passos seguintes devem ser dados por mim, e para ela não ficar sem graça eu também devo ser motivo de inspiração para meus Irmãos.

Não vou sair da Maçonaria porque eu também fui incrédulo quando  me vangloriei por ter mais tempo que alguém na Ordem, e devo parar de ser orgulhoso.

Não vou sair da Maçonaria porque quando chego atrasado a Sessão quero que todos entendam o meu motivo, e por ignorante que sou, não sou capaz de entender o motivo do outro.

Não vou sair da Maçonaria porque percebi que ela é muito mais importante que seus ritos, e não existem ritos melhores ou piores.

Não vou sair da Maçonaria porque devo parar de reparar nos Irmãos que chegam de terno amassado, e devo ficar feliz por que mesmo de balandrau meu Irmão veio a Sessão.

Não vou sair da Maçonaria porque eu também falto as Sessões e muitos Irmãos me Ligam perguntando por que eu faltei. E eu alguma vez já fiz isso?

Não vou sair da Maçonaria porque tenho que parar de criticar meus Irmãos que estão ali mais preocupados com o segundo tempo, pois eu também participo e devo recusar os convites  já que acho que tão errado nos outros, e mesmo que eu não vá, jamais criticá-los.

Não vou sair da Maçonaria  porque eu também sou responsável pelo presente, objetivando o futuro e devo fazer a diferença onde estou.

Não vou sair da Maçonaria porque não estou ali por causa de seus dirigentes, e se os mesmos falham devo ajudá-los com sugestões e apontamentos de saída dos problemas e  não apenas criticá-los.

Não vou sair da Maçonaria porque não devo fazer fofocas de Irmãos,  ou não participar de fofocas.

Não vou sair da Maçonaria porque devo ajudar meus Irmãos e estar sempre a disposição e a serviço do outro, e não apenas esperar que os outros façam por mim;

Pensando bem eu acreditava que o problema estava nos outros mas eu cometia todos os vícios que pensava não tê-los, e por isso não vou sair da Maçonaria, porque eu devo sentir em mim ser objetivo de mudança, nunca desistir, quantas vezes queremos tirar os ciscos dos olhos dos outros e não vemos a trave nos nossos olhos.  Os problemas muitas vezes estão na gente e não nos outros, às vezes a mudança parte de nós, e a culpa estava em mim e não nos outros.

Por isso não vou sair da Maçonaria,  vou trabalhar a pedra bruta que atrapalha meu coração de ser paciente, tolerante, prestativo e compreensivo com meus Irmãos, para servir a sociedade de Maneira Justa e Perfeita, para que ela seja também um reflexo meu, e se ela precisar de mudanças é sinal que eu também preciso de mudanças, e Já que o Grande Arquiteto Do Universo é Deus, devo acreditar mais nele, para que sejamos cada vez melhores e mais fraternos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário